A sua empresa precisa de um plano de negócios? Encomende um hoje por apenas 70,000 AKZ

Como se cria um objectivo?

2
Lizandro Chissupa
1
22/8/2017

Objectivo é um desejo que você almeja alcançar. Todos temos objectivos mas muitos nem prestam atenção aos mesmos. Todos têm objectivos mas, poucos temos objectivos intencionais capazes de mudar a nossa vida, e poucos trabalham para alcançá-los. Muito, deve-se às distracções nas nossas vidas. Podemos ter os melhores objectivos na vida, mas se abraçarmos as distracções, acabamos por procrastinar (adiar) tudo. Não existe motivo maior por tanto insucesso no mundo como o nosso poder de procrastinar e, o que nos faz abraçar esse “vírus”, são as distracções. Sem objectivos não chegamos a lado nenhum.

·      É mais fácil assistir noticiário e ouvir sobre mortes e desastres e calamidades do que ler um bom livro e aumentar o nosso conhecimento;

·      É mais fácil beber algumas cervejas do que aprender mais sobre empreendedorismo;

·      É mais simples assistir a novelas mexicanas ou ver jogos da nossa equipa favorita do que pensar em novas formas de chegar ao pódio.  

·      É mais simples ficarmos na rua até altas horas fofocando, vasculhando a vida das pessoas, sobre assuntos dos quais nem temos a certeza, do que dormir para estarmos prontos para mais um dia de trabalho.

·      É mais fácil sentar durante quatro horas no Facebook do que levantar e fazer o trabalho necessário para ser um empreendedor de sucesso.

 

“Perseguir os nossos objectivos é difícil, precisamos acreditar e trabalhar arduamente.”

Caso os nossos amigos não nos ajudem a concretizar os nossos sonhos, eles passam a ser distracções, também. Muitos deles, no fundo, não acreditam que somos capazes de fazer alguma coisa e tentam convencer-nos que nada dará certo para nós. Devemos ter cuidado com isso. Com os amigos que não nos ajudam em nada. Se o seu objectivo, por exemplo, for o de chegar ao patamar da grande estrela do nosso basquetebol Miguel Lutonda, e ao mesmo tempo tiver um amigo que pede que o acompanhes todos os dias para umas cervejas em bares perto de casa, então esse amigo não estará a ajudar em nada. Tenha sempre em mente que devemos ter amigos que nos apoiem e não que nos destruam.

As pessoas ambiciosas, com objectivos grandes, muitas vezes caminham sozinhas. Ninguém quer ser ambicioso, porque ser alguém assim é assustador. Querer uma casa de dois milhões de dólares é possível, mas a gente sente medo de fracassar e por isso evitamos pensar nisso. Tenha em mente que, quando almejamos algo grande na vida, não devemos jamais nos comportar como os fracassados que, ao primeiro obstáculo, desistem da meta. Metem-se numa caixinha de vergonha e ficam lá a vida inteira, invejando os ricos, talentosos e abastados. Devemos sim, olhar para os nossos fracassos como pontos de aprendizagem. Quando caímos, levantamo-nos e, se caímos novamente, levantamo-nos, limpamos a roupa e continuamos a andar.  

Eu tenho a certeza que você é uma pessoa ambiciosa e, como todo o sonhador, tenha objectivos e persiga os mesmos tal como Mandela procurou a igualdade de raças. Durante vinte e oito anos, ficou preso porque tinha um objectivo. Vinte e oito anos preso, nas piores condições imagináveis, por ter um objectivo e estamos aqui nós, no conforto, a reclamarmos que a vida não nos sorri. Não sorri porque não pedimos nada e não vamos atrás de nada. Precisamos de ir atrás de nossos objectivos com toda força do mundo. Não basta acordar e tentar viver mais um dia. Não adianta chegar no fim do dia, voltar para casa e dizer “Hoje foi um dia não muito produtivo, amanhã talvez seja melhor”.

Não, não, não! 

“Amanhã talvez seja melhor” não existe!  A pergunta certa seria “Como posso fazer melhor amanhã?”, “O que me falta fazer para ser melhor?”

 

Empreendedores com objectivos esforçam-se para alcançá-los e vencem; empreendedores sem objectivos dependem da sorte e perdem sempre.

Escreva os objectivos num papel

Ouvimos muito falar sobre ter objectivos mas, na verdade, poucos temos objectivos na vida e muito menos ainda escritos num papel. Escrever os nossos objectivos num papel tem um poder super especial. Acredite ou não, escrever objectivos num papel tem um poder surpreendente. Um estudo feito no ano 1979, na universidade de Harvard, nos Estados Unidos da América, juntou cerca de cem alunos para provar o poder de ter os objectivos escritos num papel. No estudo feito constatou-se que apenas 3% tinha objectivos escritos num papel, 13% tinha algum tipo de objectivo em mente e 84% não tinham nenhum objectivo na vida. Dez anos mais tarde, os mesmos alunos foram entrevistados e a diferença era bastante notável. Os 13% que tinha algum tipo de objectivo mas não escrito num papel ganhava o dobro do salário que os 84% que não tinham objectivo nenhum. Os 3% que tinham objectivos escritos num papel ganhavam dez vezes mais do que os 97% que não escreveram os objectivos num papel.

Quando não escrevemos os nossos objectivos num pedaço de papel, podemos chegar a ter sucesso, mas não é a mesma coisa.

A ideia pode parecer tanto ou quanto exagerada, mas é muito eficiente. Ler os nossos objectivos todos os dias ajuda a nossa mente a manter-se focada naquilo que são as nossas metas. Todos os anos escrevo os meus objectivos para o ano que inicia e tento ler constantemente os mesmos, para não sair dos carris... Para isso, utilizo alguns passos. Não é nada difícil, apenas algumas noções para que o que escrevo seja simples e realista.